1983

Ragner tem o primeiro contato com um terminal burro em um centro de processamento de dados da extinta CAEB, órgão do qual sua mãe trabalhava na década de 80.

 

1990

Notícias se espalham sobre o computador pessoal, alguns não acreditava que não seria possível a afirmação do executivo da IBM: “logo em breve toda pessoa terá um computador em casa”.

 

1995

Primeiro contato com o DOS da Microsoft do qual criava banners utilizando o software da EPSON para impressões matriciais. Computadores com arquitetura 386.

 

1997

Primeira capacitação em softwares utilitários da Microsoft como o Lotus 123, WordStar e comandos no DOS.

 

1998

Primeira experiência em uma interface gráfica no Sistema Operacional Windows 3.11 na empresa de engenharia do seu pai.

 

1999

Início dos estudos no curso de Ciência da Computação na Universidade Católica de Brasília.

 

2001

Desenvolve o primeiro sistema de capacitação para o departamento de recursos humanos do Ministério do Planejamento totalmente em linguagem VBA do Microsoft Access.

 

2002

Em curto período trabalha como estagiário no departamento de sistemas do Supremo Tribunal Federal.

 

2003

Após concurso de seleção da antiga Arthur Andersen, maior empresa consultoria do mundo inicia programa de trainee.

 

2004

Participa de projeto de lançamento de serviços SMP da antiga BrasilTelecom pela empresa Accenture (antes Arthur Andersen Consulting).

 

2005

Conclui curso de Ciência da Computação com um TCC sobre o sistema operacional Symbian Series 60 da NOKIA, através de parceria juntamente com o escritório de soluções da Nokia.

 

2007

Trabalha como Analista de Sistemas na ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações).

 

2008

Inicia estudos sobre plataformas de CMS (Content Management System) ;

 

2009

Ingressa em projetos de consultoria do UNDP (United Nations Development Program) e presta consultoria no Tesouro Nacional com estudos sobre os três principais CMS do mercado na época como WordPress, Joomla e Drupal.

 

2010

Ingressa em projetos de consultoria da OEI (Organização de Estados Ibero-americanos) e contribui com sistemas e softwares institucionais do FNDE.

 

2011

Inicia jornada como empreendedor, com uma pequena software house chamada CampoSolv. Em paralelo inicia uma curta e infeliz carreira de pastor Batista, onde no mesmo ano nasce a sua filha Mariana.

 

2012

Inicia estudos sobre sistemas operacionais Linux Ubuntu, CentOS, Debian e outros.

 

2014

Desenvolve um sistema para gerenciar 43 igrejas espalhadas pelo Brasil;

 

2015

Ano de uma terrível e marcante experiência na igreja onde atuava como pastor evangelista, após lidar com casos de corrupção e entrar em um embate com a diretoria da mesma. Sendo 11 anos de trabalho e treinamentos liderando 70 integrantes, a igreja forja expulsão e nesta trágica experiência se encerra sua carreira religiosa abrindo então uma fase de auto conhecimento.

 

2016

Inícia estudos em Filosofia na Estácio e volto a praticar o ciclismo nesta fase de epifania filosófica. Na área profissional, volta com muito esforço atuando em consultoria de TI para empresas do comércio.

 

2017

Inicia projetos de implantação com soluções de nuvem em Datacenters no Canadá e Estados Unidos utilizando as principais soluções do mercado de nuvem colaborativa privada.

 

2018

Relançamento da solução BACAS (uma idéia a partir de um café com amigo Daniel) na versão 3.0 passamos a integrar softwares de comércio eletrônico como Prestashop e Virtuemart com sistemas locais em lojas.

 

2019

Envolve-se com os problemas comunitários e entra como presidente do conselho de segurança de sua cidade local e divide atuações voluntárias com seus atributos profissionais.